[NEWS][6]

r
v
xique-xique

TURÍSTA SUÍÇA VISITA A CIDADE DE XIQUE-XIQUE BA .

Formada em sociologia e tomada pelo espírito aventureiro, Alexandra Jorge, uma suíça de 35 anos se encantou com os dois xis de uma cidade do interior baiano. Motivada pela curiosidade a socióloga chegou até Xiquexique, a cidade dos dois xis. “Buscando sobre mapas, vi o nome Xique-Xique, e gostei. Achei bonito porque está escrito com xis, nunca vi uma cidade escrita assim, com dois xis. Eu não sabia nada sobre a cidade e decidi tomar um ônibus; aí comecei também a pesquisar o que se poderia fazer em Xique-Xique”, brincou Alexandra. A socióloga diz que sempre gostou de viajar, de conhecer outras culturas e países. Segundo ela, conhecer como pensa e vive outros povos ajuda na formação pessoal. “Eu estava em Salvador/Bahia, e queria ir para o Norte. Então, olhando mapas, pesquisando sobre o rio São Francisco – ela conta que chegou a assinar na Suíça, um protesto contra a transposição do rio São Francisco – vi o nome Xique-Xique, e gostei”, conta. Alexandra diz que foi bem acolhida desde a sua chegada em Xiquexique, e faz questão de mencionar os nomes dos amigos Tony e Daiana, com os quais fez amizade logo assim que chegou. “Conheci um casal muito simpático, que vende cachorro-quente na avenida – avenida J.J. Seabra - , nos tornamos amigos. Sempre que precisei de informações as pessoas me ajudavam”, elogia a socióloga.

                         VISITA A ILHA DO MIRADOURO .

Mesmo sendo bem recepcionada, a turista suíça diz que estranhou o fato da maioria dos xiquexiquenses não saber o que lhe indicar como ponto turístico. Alexandra conta que as pessoas ficavam surpresas pelo fato dela, uma suíça, estar na cidade para conhecer as belezas naturais do Município, seus costumes e tradições. “Várias pessoas me disseram não ter nada para se ver, se conhecer! Aí me perguntei: não tem nada realmente para se ver? E pesquisando descobri que têm muitas atrações e, sobretudo, ligados a natureza como a Ilha do Miradouro, a Igreja do Miradouro, o rio que é muito bonito, os pescadores. São coisas que eu não conheço na Suíça e para mim são especiais! Tem o parque aquático Ponta das Pedras etc. Também conheci a Lagoa de Itaparica, o povoado da lagoa, visitei Santo Inácio, a cachoeira do Encantado. Conheci ainda o Folha Larga, local onde dom Luís Flávio Cappio morou quando ainda era frei, vi também os carnaubais da Lagoa de Itaparica, uma coisa que não tinha visto antes. Enfim, tem muitas riquezas naturais, lugares bonitos, lugares com histórias que eu acho que muitas pessoas daqui não conhecem e não valorizam a própria cidade. Mas encontrei muita gente que conhece e valorizam também, a exemplo de um senhor que encontrei na Prefeitura Municipal, Carlos (Carlinhos) Alberto Marçal de Meira e o sr. João – da APAS, e outros”, diz. A suíça Alexandra ficou impressionada com o Brasil, a Bahia e Xiquexique, principalmente na extensão territorial, diversidade culinária e frutas. “Bom, na verdade é a segunda vez que visito o Brasil, na primeira eu estive a trabalho e passei um mês aqui; não posso dizer que conheço o Brasil, pois é muito grande, muito diverso. O Brasil é imenso, acho que só a Bahia é quatro vezes maior do que a Suíça. Gostei muito das frutas, além da comida maravilhosa; eu sou vegetariana e as frutas, legumes daqui têm uma qualidade, um sabor especial, é uma qualidade de vida que não está sendo valorizada também. Quanto ao clima, aqui é muito quente, mas para as pessoas que gostam de calor, é ótimo!”.

SUA EXPERIÊNCIA COM CRIANÇAS NA LAGOA DE ITAPARICA :

“Eu gostaria de ver algum projeto aqui não só para desenvolver o turismo, mas também para permitir às pessoas daqui conhecerem as riquezas do seu próprio patrimônio, a exemplo da comunidade Lagoa de Itaparica – pertencente à área de proteção ambiental -; visitar a escola foi uma experiência maravilhosa. Claro, eles são ainda muito pequenos, mas sabem muito pouco sobre o país, a região onde vivem. Então espero que venha algum projeto para mostrar a eles novas perspectivas de vida, as pessoas devem ter orgulho de suas raízes, de sua própria cultura; se você não conhece sua história, sua origem, que tipo de pessoas você vai ser no futuro? Conhecer sua região, o lugar onde se vive é fundamental, muito importante”.


SOBRE O TURÍSMO NA REGIÃO :


“Eu acho que o turismo aqui deveria ser mais difundido. Antes de vir para Xiquexique eu procurei ver sobre hotéis e pousadas em vários sites, e não vi nada, nenhuma informação! Aqui chegando encontrei algumas. Também não encontrei nenhum mapa da cidade, inclusive fui até a prefeitura e só vi um mapa velho, desatualizado, na parede. As informações que encontrei em um site da prefeitura são superficiais, sem detalhes. Acredito que com um pouco de financiamento poderia melhorar na questão de informações para a classe turista. Já tem o site, falta colocar nomes de lugares, como chegar, distancia e outras informações indispensáveis a quem quer melhor conhecer a cidade”, diz a socióloga suíça.

FONTE E FOTOS : JORNAL PAGINA REVISTA - Erasmo Deterra .

Jornal Centro Oeste Bahia '

O oeste da Bahia se encontra aqui!

11 comentários

  1. É né mole não, Xique-Xique para o mundo que bom que isso esta acontecendo só assim os politicos vão olhar com outros olhos nossa cidade.....um abraço a todos.......Kel de São Paulo

    ResponderExcluir
  2. Uma vêz uns turistas Russos visitarm a nossa cidade um deles estava conversando em mimicas com uma galera que ficava na Caldeira quando Pacheco da sorveteria ia passando na hora,os russos estava com um pedaço de pau (madeira) fazendo mimicas e tentando se comunicar,a galera achou que os caras queriam picóle kk,na verdade eles queriam uma Barca pra navegar no São Francisno kkk .

    ResponderExcluir
  3. Precisamos mesmo,é divulgar melhor nossas Origens,nossa Terra,Xique Xique tem Historia, tem conteudo, para encher os olhos não só dessa Suíça,mais de qualquer outros turistas que queiram conhecer a Cidade.claro que as divergencias politicas impedem!! parabéns ao Erasmo e ao XiqueSampa pela divulgação. João Machado

    ResponderExcluir
  4. Concordo com você João Machado nossa cidade deveria e tem condições pra isso investir mais ainda na questão do Turísmo!!! Xique-Xique tem um grande potêncial Turístico falta ser explorado um pouco mais .

    ResponderExcluir
  5. O que falta são pessoas inteligentes e com boa vontade em fazer acontecer, olhando sempre para o coletivo, ao invés do próprio umbigo. Ou melhor: as poucas pessoas inteligentes com bondade em fazer acontecer não são valorizadas.........

    ResponderExcluir
  6. WILLIAN MARINHO DE CARVALHO,MAUÁ SP .26/03/2010 00:32

    Fiquei muito feliz em ter um canal de comunicação como este na internete que divulga a nossa região. Sou de Irecê mas vi que aqui não é só de Xiquexique que se é digulgado. Parabéns ao Fundador deste Blog Adriano Brito por trazer pra nós essa alegria de matar a saúdade das nossas "terrinhas",abraço .

    ResponderExcluir
  7. Bom é importante a divulgaçao do municipio para o mundo,xique xique é linda mesmo pena que as pessoas que administra a cidade tem outros interesses com ela.
    A população por sua vez necessita de uma boa educação, eu conhecir xique xique pois tenho amigos que morram na cidade falta muita coisa pra se tornar uma cidade.O que vir foi violência e grupos (organizados)uma cidade pequena com lados obiscurus.
    Onde a justiça não ver se ver faz vista grossa pois sabe que são pessoas influentes na cidade que faz e acontece.
    Uma pena pra cidade que não cresce, um dos meus amigos não morra mais ai,mas o Fabio ainda morra.

    ResponderExcluir
  8. É verdade esse problema de violência em Xique-Xique já não é de hoje, isso realmente prejudica a imagem da nossa cidade !!!! Más isso é um assunto pro estado e munícipio resolver, cadê a Caesa, a PM, a Civíl, o Min.Público, os orgãos competentes que não é possivel que não enxerga isso em??? No mais a cidade de Xique-Xique tem inúmeros atrátivos turisticos . A população não merece esse titulo de cidade violenta .

    ResponderExcluir
  9. Anônimo disse...

    É verdade esse problema de violência em Xique-Xique já não é de hoje, isso realmente prejudica a imagem da nossa cidade !!!! Más isso é um assunto pro estado e munícipio resolver, cadê a Caesa, a PM, a Civíl, o Min.Público, os orgãos competentes que não é possivel que não enxerga isso em??? No mais a cidade de Xique-Xique tem inúmeros atrátivos turisticos . A população não merece esse titulo de cidade violenta .



    concordo com vc a cidade nao merece esse titulo de violenta



    XIQUEXIQUE: INFELIZMENTE MAIS VIOLÊNCIA

    28/05/2010

    Alex Rodrigues de Almeida, foi baleado ontem por um disparo de arma de fogo, provavelmente uma espingarda calibre 12, que atingiu gravemente um de seus braços. Alex é filho de Biguinha e Luis de Antonio Neto, assassinados no ano passado, uma operação tipo execução, que causou grande comoção na cidade, ensejando até reuniões especiais da Câmara de Vereadores. Em conversa ontem à noite com um médico amigo, que trabalha em Irecê, ficamos sabendo que o braço atingido da vítima poderia ser amputado.

    ResponderExcluir
  10. Uma cidade com 50.000 hab.linda e maravilhosa como Xique-Xique vai resolver quando esse problema da violência descabida em?

    ResponderExcluir
  11. XIQUE XIQUE PRECISA SER MAS RECONHECIDA E DE PESSOAS QUE VALORIZE SUA HISTÓRIA UMA CIDADE QUE PRECISA SER RECONHECIDA. PARABÉNS A ALEXANDRA JORGE, OBRIGADA POR LEVAR O NOME DA NOSSA CIDADE CONSIGO

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos por conteúdos impróprios .

Start typing and press Enter to search