[NEWS][6]

r
v
xique-xique

GUSTAVO NOLASCO E LÉO DRUMOND DE "OS CHICOS" DESEMBARCARÃO EM XIQUE-XIQUE NO INICIO DA SEMANA .

Deixar Petrolina não foi fácil, depois da ligação que tivemos com a cidade e com a forte cultura pernambucana. Mas atravessar a imponente ponte Presidente Dutra foi preciso para começarmos a vivenciar o dia-a-dia do também baiano São Francisco. Pernambuco agora só a paisagem…Juazeiro é uma cidade carregada de história. Sua importância vai do povoamento do sertão brasileiro, passando pela saga de Antônio Conselheiro e chega à navegação do São Francisco, com seus remeiros, barcas e vapores. A cidade era o ponto de chegada dos vapores vindos de Pirapora, no final do século XIX. Segundo Seu João, filho de um ex-comandante de embarcação, o porto de Juazeiro era tão importante para a região que chegou a ter até 32 vapores fazendo o trajeto de subida do São Francisco.Hoje, o que resta são carcaças enferrujadas, embebidas de água. Numa triste cena de um cemitério abandonado, com caixõesdestampados e ossadas à mostra.

Antes mesmo dos vapores, Juazeiro tinha um forte comércio, pois era uma espécie de entreposto estratégico. Ao mesmo tempo que recebia roupas, alimentos, móveis e toda uma influência vinda do litoral e da Europa, a cidade também fazia a distribuição para todo o sertão da Bahia, Pernambuco, Piauí. Sendo fundamental até para o interior dos estados de Goiás e Maranhão. Theodoro Sampaio, quando de sua passagem pela cidade, descreveu com propriedade: “a cidade de Juazeiro é, com razão, considerada o empório do sertão do São Francisco”. Mesmo com poucos dias na cidade, já podemos sentir também que a importância de Juazeiro vai muito além da econômica. A cidade cultua o rio, suas lendas, histórias e se orgulha de ser parte do Vale do São Francisco. É neste universo novo, baiano, acolhedor que já iniciamos a busca por novos personagens. Toda a carga histórica de Juazeiro já nos sinaliza que teremos boas histórias para dar sequência à nossa saga: plantar a semente para a necessidade de uma ampla e gigantesca documentação da cultural oral do São Francisco.

PS - Companheira de jornada, mesmo fincada em terras mineiras, a bailarina Luciana Lanza deu a sugestão para que mudássemos a forma de escrever no blog sobre o nosso dia-a-dia de pesquisa ao longo do Velho Chico. E Lu, ao contrário do que você diz – e, que fique claro, diz de forma acertada -, desta vez, no final, “não vai ser sempre do jeito que ele quer”. Vai ser do jeito que você sugeriu! “…por onde, definitivamente, começaremos a garimpar boas histórias.”

O Jornalista Gustavo Lonasco e o Fotógrafo Léo Drumond estão em Sobradinho e no inicio da semana chegam em Xique-Xique a procura de imagéns , histórias e Os Chicos da nossa cidade, personagéns do Rio São Francisco que fará parte da publicação do 2 º livro da equipe de "OS CHICOS" .
OS CHICOS http://www.oschicos.com.br/

Jornal Centro Oeste Bahia '

O oeste da Bahia se encontra aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!!! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos por conteúdos impróprios .

Start typing and press Enter to search