[NEWS][6]

r
v
xique-xique

AS CARRANCAS DO SÃO FRANSISCO .

As carrancas são manifestações da arte popular brasileira que desenvolveu-se na região do rio São Francisco, por artistas populares denominados carranqueiros. As carrancas do São Francisco,é um símbolo típico desta cultura franciscana e é um tipo de arte única no mundo, feita pelos entalhadores atendendo aos sentimentos e fantasias dos barqueiros que precisam espantar os seres míticos e lendários que permeiam o imaginário lúdico dos ribeirinhos e para a criação de uma identidade própria para as embarcações que navegavam pelo rio São Francisco, artistas esculpiam enfeites de proa. Esses elementos de decoração sempre representavam uma escultura de cabeça e pescoço de alguma figura, que misturava traços humanos com traços animais e apresentava uma expressão de figura mitológica indeterminada e de grande impacto, dando origem à arte das carrancas.

Hoje, essa arte popularizou-se. Podemos encontrar as carrancas não apenas nas proas das embarcações do São Francisco, como simples enfeite, mas tornou-se um disputado elemento de decoração e parte do acervo de museus nacionais e estrangeiros, sendo suas peças de grande valor de comercialização para turistas. Atualmente, a Carranca,esse personagem de olhos vermelhos e dentes grandes não é apenas uma crendice, mas ganhou grande circulação comercial.Quanto ao aspecto econômico pode-se dizer que o surgimento dessas figuras horripilantes de aspecto grosseiro, talhadas em madeira, tenha sido um dos mais relevantes motivos para a emancipação comercial, política e social da região do Médio São Francisco. As carrancas dos barcos do Vale do São Francisco hoje perderam sua função inicial de proteção das embarcações contra perigos concretos e imaginados do percurso do rio por uma função de peça de comércio artesanal .O artista que mais se destacou nessa arte foi Francisco Biquiba Dy Lafuente, o Francisco Guarany, pois foi o único artista carranqueiro que viveu exclusivamente da produção de carrancas.

" Em Xique-Xique uns grandes artesãos faziam manualemte muito bem essas Carrancas nos anos 80, foram os grandes irmãos conchecidos como ZÉ ORÓPA e CÃO . Foi desses dois irmãos a obra do Pesacador em madeira do Carranca Grande Hotel em nossa cidade ". Adriano Brito .

FONTE : BLOG OLHARES PELO SERTÃO DE POLYANA PINHEIRO .

Jornal Centro Oeste Bahia '

O oeste da Bahia se encontra aqui!

Start typing and press Enter to search