Header Ads

ad

LINHA TECNOLÓGICA DO METRÔ-SP ESTRÉIA SEM CELULAR .

O primeiro trecho da Linha 4-Amarela da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) foi inaugurado ontem, mas nem todas as suas novidades puderam ser usufruídas. Os usuários não conseguiram, por exemplo, usar telefones celulares nos trens e plataformas das duas estações - Paulista e Faria Lima - e também não foi possível acessar a internet. A Linha 4-Amarela foi inaugurada no início da tarde, em um evento que teve apresentações culturais e a presença de diversas personalidades, como o governador Alberto Goldman (PSDB) e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Logo em seguida, o trecho de 3,6 quilômetros foi aberto para circulação.

A Linha 4-Amarela vai funcionar inicialmente das 9 horas às 15 horas em uma operação chamada de "assistida". Ainda não há previsão para a expansão do horário de funcionamento. De uma a três semanas, os usuários não vão precisar pagar pelas viagens. Depois, o preço será o mesmo do restante da rede: R$ 2,65 o bilhete unitário.

LINHA MODERNA :

Essa é a linha mais moderna da rede e conta com trens sem condutores (sistema driverless), esteiras para fazer a integração dos passageiros com outras linhas e portas de vidro que separam a plataforma dos trens. Além disso, as estações e trens terão Wi-Fi . Segundo a concessionária ViaQuatro, no entanto, ainda não há previsão para o início dos serviços de internet e telefonia móvel, pois é necessária a conclusão das negociações com as empresas. Após a conclusão, os usuários vão poder utilizar os serviços de todas as operadoras, incluindo os serviços de voz e as tecnologias que permitem a conexão dos celulares a computadores portáteis e à internet. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

FONTE : AGÊNCIA ESTADO .

Nenhum comentário

ATENÇÃO!!! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos por conteúdos impróprios .