Header Ads

ad

AGRICULTORES FAMILIARES DOS MUNICÍPIOS VÃO RECEBER SECADORES SOLARES .

Mais de duas mil famílias dos municípios de Xique Xique, Barra e Gentio do Ouro serão beneficiadas .

Mais de duas mil famílias dos municípios de Xique Xique, Barra e Gentio do Ouro serão beneficiadas pelo Governo do Estado, com a entrega de 12 secadores solares móveis. A informação foi concedida pelo gerente regional da CAR -Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional, em Irecê, Helder Sodré. A iniciativa faz parte da primeira etapa do Projeto Carnaúba, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento e Integração Regional (Sedir), e desenvolvido em conjunto com a CAR e a Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA).


Segundo Helder, o convênio nesse sentido será assinado, na próxima semana, entre a CAR e 12 associações de agricultores familiares desses municípios, conforme ficou estabelecido em reunião realizada, na terça-feira (8), em Barra, a 680 quilômetros de Salvador. O encontro contou com a participação de 120 pessoas, entre agricultores, lideranças políticas dos municípios da região e representantes do Sebrae, Banco do Nordeste (BNB), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), e Agência Estadual de Defesa Agropecuária (Adab), parceiros do governo no empreendimento. O Projeto Carnaúba visa reorganizar e reativar a cadeia produtiva da carnaúba na região. O objetivo é a formação de uma cooperativa de produtores de carnaúba, a fim de processar e comercializar a cera de carnaúba. Para tanto, já foram realizadas três reuniões na região e realizados contatos com diversas associações .

A Sedir já levou a Xique Xique e Barra três empresários cearenses que manifestaram interesse em investir na região, inclusive com a instalação de uma unidade de produção e refino de cera, que, entre outras aplicações, é utilizada como isolante de chips de computadores e tem alto valor no mercado internacional. Em 2008 e 2009, os estados do Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte, maiores produtores do Brasil, exportaram R$ 85 milhões e R$ 60 milhões, respectivamente, em cera de carnaúba para Estados Unidos, Japão e Europa, os principais compradores .

Serão implantadas na região unidades de processamento de palha da carnaúba para extração do pó cerífero, com o fornecimento de equipamentos e transferência de tecnologias aos pequenos produtores familiares envolvidos com a extração do pó, a partir do uso do secador solar móvel, com investimento inicial previsto de R$ 120 mil, referente aos 12 secadores e implementos necessários. A partir do pó de carnaúba poderá haver a transformação em cera bruta, com outros investimentos de até R$ 480 mil. A iniciativa deverá gerar no futuro algo entre 40 mil empregos e ocupações diversas na região .

FONTE : ASCOM BA .

Nenhum comentário

ATENÇÃO!!! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos por conteúdos impróprios .