Header Ads

ad

ESTUDANTES DE LETRAS DE XIQUE-XIQUE BA RESGATAM CULTURA SERTANEJA .

EVENTO NAS MARGENS DAS LETRAS HOMENAGEOU ESCRITOR BAIANO CARLOS BARBOSA .
O Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias (DCHT) do Campus XXIV da UNEB, em Xique-Xique, realizou nos dias 22, 23 e 24 na unidade, a sexta edição do evento Nas Margens das Letras. “É um orgulho ver o trabalho sociocultural que nossos professores, estudantes e funcionários vêm desempenhando aqui em Xique-Xique. Precisamos valorizar cada vez mais a história dos municípios onde a universidade está inserida, ajudando a perpetuar as tradições sertanejas”, avaliou a vice-reitora Amélia Maraux, que representou o reitor Lourisvaldo Valentim no evento .

A ação, que nessa edição traz o tema Sertões em correnteza : espaços e imaginários, homenageia o escritor baiano Carlos Barbosa, autor dos romances A Dama do Velho Chico (2002) e Beira de Rio, Correnteza (2010), ambos ambientados no sertão sãofranciscano. A homenagem foi concedida na noite do dia 22, após Carlos Barbosa ministrar uma conferência sobre a produção literária sertaneja. Estudantes do curso de Letras do departamento fizeram uma apresentação teatral com trechos dos livros do escritor e o presentearam com uma placa alusiva ao trabalho literário sobre o sertão ( foto home ). “Cumprimento a UNEB por esse olhar positivo e criterioso ao valorizar o trabalho dos novos escritores baianos. Eu me sinto honrado e feliz com essa homenagem e acredito que a correnteza começa a seguir seu curso, já que o professor formado aqui na universidade deve levar o romance para a sala de aula”, agradeceu Carlos .

De acordo com a pró-reitora de Extensão (Proex), Adriana Marmori, esse tipo de evento é uma oportunidade para que a academia resgate a cultura sertaneja. "Estamos trazendo à tona a memória do que é o Brasil, já que o sertão normalmente é esquecido e não é levado para dentro da sala de aula”, ressaltou a pró-reitora .

Segundo João Rocha ( foto), diretor do DCHT, a ação tem o objetivo de trabalhar os aspectos sociais e culturais da região, socializando as pesquisas produzidas dentro da UNEB. “Queremos discutir o sertão e mostrar o que nós estamos lecionando em sala de aula para retratar os espaços imaginários que não são apresentados pela grande mídia”, pontuou o diretor.

FOTO : CRISTIANO VIEIRA/ ASCOM .
FONTE : PAGINA REVISTA ( http://www.paginarevista.com.br/ ) .

Nenhum comentário

ATENÇÃO!!! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos por conteúdos impróprios .