Header Ads

ad

EX-PUGILISTA REGINALDO HOLYFIELD GANHA R$ 50 MIL EM PROVA DO CALDEIRÃO DO HULK .

Holyfield acompanhou a prova gravada na tarde desta terça (11) com a irmã do ex-pugilista e os sobrinhos Samuel e Mariana, que foram salvos por Holyfield de um incêndio em Setembro .

O ex-pugilista Reginaldo "Holyfield" participou da gravação do programa Caldeirão do Huck na tarde desta terça-feira (11) e ganhou R$ 50 mil reais em prova do "Agora ou Nunca", realizada por familiares no Rio de Janeiro. Holyfield acompanhou as gravações do Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, em link ao vivo. Entre os familiares que participaram do programa estavam a irmã do ex-pugilista e os sobrinhos Samuel e Mariana, que que foram salvos por Holyfield de um incêndio no início de setembro. Muitos baianos participaram da mobilização para ajudar o ex-lutador e internautas se uniram em uma campanha pedindo que o apresentador Luciano Huck faça um "Lar Doce Lar" com Holyfield, reconstruindo sua casa .

Em nota divulgada no dia 15 de setembro, Luciano Huck disse ter ficado comovido com a história do lutador. “Vi a campanha pelas redes sociais e torço pela pronta recuperação do ex-atleta. Fiquei muito tocado com a corajosa atitude dele". Apesar disso, o apresentador não comentou a possibilidade de o campeão participar do quadro "Lar Doce Lar". O drama de Holyfield comoveu até seu antigo rival, o ex-pugilista pernambucano Luciano Todo Duro, que se solidarizou com a situação, mas também provocou. “Ele está meio doido com as pancadas que dei”, brincou. Atualmente, Holyfield está em fase final de tratamento com programação de intervenção cirúrgica no pé esquerdo. Somente depois que se recuperar desta cirurgia ele terá alta, ainda sem data prevista, e deve continuar com tratamento fisioterápico.

INCÊNDIO:

No dia 8 de setembro, um incêndio destruiu a casa da família do ex-lutador baiano. Ele atravessou as chamas para salvar dois sobrinhos que tinham ficado encurralados pelo fogo. Holyfield disse que na ocasião não pensou duas vezes e pegou o colchão em chamas e atirou fora da residência. "Tinha muita fumaça, não dava para enxergar nada. Daria minha vida pelos meus sobrinhos e minha mãe. Se fosse preciso, faria tudo de novo. Esse foi o meu maior desafio", contou. Holyfield sofreu queimaduras de 1º e 2º graus teve 40% do corpo queimado. O incêndio começou depois que o sobrinho do ex-pugilista, Samuel, de 3 anos, colocou fogo em papéis no sofá .

(Com informações do repórter Alexandre Lyrio) .

FONTE: YAHOO.
ADAPTAÇÃO: ADRIANO BRITTO .

Nenhum comentário

ATENÇÃO!!! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos por conteúdos impróprios .