[NEWS][6]

r
v
xique-xique

IDOSO PERCORRE 18 KM E TEM ATENDIMENTO MÉDICO RECUSADO EM GENTIO DO OURO.

Idoso de 83 anos é destratado pela enfermeira-chefe em Hospital de Gentio do Ouro, ela negou atendimento alegando falta de vaga .

Casos de maus tratos, omissão e falta de profissionalismo são situações corriqueiras na rede pública de Saúde de municípios do interior da Bahia. Um dos mais recentes casos foi o do sr. Cassimiro Martins da Franca, de 83 anos de idade, morador do povoado de Desterro, município de Gentio do Ouro, na Bahia. Com pressão arterial alta, tontura e bastante cansado, depois de percorrer 18 km até a sede do Município, o idoso de 83 anos foi destratado pela enfermeira-chefe do hospital municipal de Gentio do Ouro. A enfermeira negou atendimento alegando falta de vaga. O fato aconteceu no dia 08/02/2012 (Quarta-Feira). Acompanhado pela filha Ednalva Malaquias Bastos, depois de falar do problema e pedir para serem atendidos, foi ouvido da enfermeira-chefe que não havia mais vaga, completando: 'Por que não vieram mais cedo?'. Indignada com a atitude grosseira, antiética e despreparo da funcionária, Ednalva – filha do idoso - respondeu que doença não marca hora, nem dia, e que não chegou mais cedo porque não foi possível.

Após a recusa da enfermeira, Ednalva, juntamente com seu irmão Genivaldo procuraram o secretário de Saúde do Município. "Contei a situação para o secretário, da forma que fomos recebidos pela enfermeira-chefe e prontamente ele [o secretário] nos levou de volta ao hospital; imediatamente apareceu vaga e o meu pai foi internado, teve a pressão aferida e internado por dois dias". Segundo Ednalva, vários outros casos de abuso e destrato vêm acontecendo constantemente no Município. "Dr. Raul foi o médico que nos atendeu. Eu mesma um dia ouvi do próprio médico a seguinte frase: 'Eu já falei ao prefeito que ou eu, ou ela', referindo-se a enfermeira. Já ouvi vários casos, várias reclamações acusando a enfermeira-chefe de prepotente e arrogante". Como denunciar. Foi mal atendido na rede pública de Saúde do seu município? Disque 136. É gratuito e pode ser feito até de telefone celular.

FONTE: PAGINA REVISTA .

Jornal Centro Oeste Bahia '

O oeste da Bahia se encontra aqui!

4 comentários

  1. Um absurdo, mas é a realidade da saúde e dos atendimentos nos Hospitais do Brasil.

    ResponderExcluir
  2. Total despreparo dessa enfermeira...

    ResponderExcluir
  3. “Art. 2o - O idoso goza de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-se-lhe, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, para preservação de sua saúde, em condições de liberdade e dignidade.

    ResponderExcluir
  4. O hospital de Gentio do ouro e um verdadeiro absurdo não só em se tratar em atendimento, mas em todos os níveis como, por exemplo, falta aparelho de raio-x,aparelho de fazer utrason,a limpeza é péssima ,alem de tudo esta sendo realizado cirurgia de auto risco em um hospital que não tem suporte nem um é um absurdo as autoridades de Gentio do Ouro aceitar que seja feito essas cirurgia,aonde coloca a vida de muitas pessoas pois é realizado com um medico só e com isso se um paciente passar mal na cirurgia com certeza vai morrer pois ate chegar em Irecê dificilmente ele resistirá.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos por conteúdos impróprios .

Start typing and press Enter to search