Header Ads

ad

RECORDAR É VIVER: CARNAVAL EM XIQUE-XIQUE COM BANDA APOLO, KALIMBA... E MUITA ANIMAÇÃO .


Carnaval em 1937 em Xique-Xique.


Carnaval em Xique-Xique, em 1960 .










Na foto um grupo de estudantes de Xiquexique reunidos em volta de uma mesa no "ringue" do Clube Sete de Setembro, aguardando o "jazz" de Mário Rapadura iniciar as marchas carnavalescas . 

Para refrescar a memória, vamos dar os nomes aos estudantes : Em pé, da esquerda para direita: Luizinho, advogado residente em Xiquexique; Paulinho, que perdemos o contato; Mazinho, coronel da PM, residente em Salvador. Sentados, da esquerda para a direita: Paulo Dantas, que perdemos o contato; Valtércio, advogado residente em Brasília; Ney Barreto, médico residente em Brasília; Paulo Carvalho, economista, já falecido; Carlos Herbert, engenheiro residente em Brasília; Batista, engenheiro residente em Salvador; Everaldo, que perdemos o contato; Nei Dilson, médico residente em Niteroi . 

O Carnaval em Xique-Xique, interior da Bahia, região do baixo médio São Francisco deixa saúdades, cada época em sua época! Na década de 30 as ruas eram infestadas pela população que saiam pelas ruas de nossa cidade fantaziados,  em roupas da época como bermudas colorida, rasgadas e fitas na cabeça dançando marchinhas. Já na década de 50 a 70 os movimentos e manifestações carnavalescas expandiam-se para os como Operária, O Cari, Canecão, Cazarão e Kalimba, 54 e Clube 7 de Setembro. Nessa época estudantes de Xique-Xique chegavam de outras cidades principalmente de Salvador e fazia muito barulho, animavam os saloões de festas com a Banda Apolo de Nelson, Paixão, Hérminho, Macho Velho, Carimbó, Gordo e Cia. 

A cidade atraía inumeros turístas de outras cidades, os clubes realizavam as famosas "tardes dançantes", com concentração de muitos foliões foram criados os blocos, os mais famosos como Pessoal do Aló, Banho de Cheiro, Grito de Guerra, Incutidos, Xamego, Lero-Lero, Burráio, Rebentão, Tô á Tôa, La vem Elas, Escola de Samba de Silvio Bandeira, Simidão, Ferra Bráz, Amor Que Fica e logo surgiram os mais novos como Metralhas, Barretada, Tô Indo, Mamonas Assassínas, Nós, Brotos & Brotas e muitos outros. Carros de Som desfilavam pelas ruas de nossa cidade em cima deles o saúdoso Aécio e Chispita dançavam e animavam os blocos, que desfilavam pelas principais rua, os blocos ficavam em suas sedes mas tinham horário pra desfilarem. O primeiro Trio a tocar em nossa cidade foi o Trio Kalumbí de Hélção, os melhores blocos eram premiados com troféus .

Colaboração Blog Xique-Xique de Juarez Moraes Chaves
                      www.xiquexiquense.blogspot.com 

FONTE: XIQUESAMPA .

Nenhum comentário

ATENÇÃO!!! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos por conteúdos impróprios .