Header Ads

ad

METRÔ DE NOVA YORK: UM PASSO À FRENTE EM TRANSPORTE PÚBLICO .












Enquanto a cidade de São Paulo vive dias de tensão por conta dos manifestos sobre a qualidade e o preço do seu transporte público, em Nova Iorque a discussão é outra . 

Com uma capilariade madura e um volume enorme, intenso e diversificado em suas linhas de metrô, o desafio agora é oferecer de forma mais ágil e interativa informações sobre trajetos e estações. Tudo por conta de uma iniciativa ousada do Control Group, uma empresa privada de soluções tecnológicas, contratadas pelo MTA , para prover este avanço. O produto é genial! A partir deste ano, 90 quiosques touch-screen, de 47 polegadas, trarão todos os tipos de conteúdo, como atrasos, interrupções, e, claro, os anúncios (que hoje trazem100 milhões de dólares em receitas para a MTA por ano -principalmente em sinalização de papel -, o que poderia aumentar, e muito, com estes novos pontos digitais) .

Porém, sua mais poderosa interação será o seu mapa. Você olha para ele, toca seu destino pretendido e o mapa busca o seu percurso, incluindo as transferências ao longo do caminho. Futuramente seus desenvolvedores explicam que o mapa contará com pontos de interesse para aumentar a experiência para os turistas. E graças a um backend robusto, através das análises de dados, o MTA vai rapidamente ser capaz de priorizar quais pontos devem ser de maior destaque especial - um potencial para novos anúncios sazonais. Por exemplo, o Rockefeller Center pode ser uma atração maior no inverno, quando a sua árvore de natal é instalada e os turistas estão por lá. Os quiosques também serão equipados com módulos extras - câmeras de vídeo, microfones, e Wi-Fi - para abrir toda uma camada secundária de coleta de dados e interface. Com câmeras e microfones, o MTA pode permitir a comunicação em duas vias ( muito útil principalmente para situações de emergência). 

Enquanto isso, o Wi-Fi abre portas para a uma rede enorme de usuários de celulares com acesso à Internet.Tendo em conta que a média das pessoas espera de 5 a 10 minutos em uma plataforma, seus idealizadores veem um grande potencial de engajamento e experiências patrocinadas. Por exemplo, um jogo online em rede enquanto as pessoas esperam o trem, ou streaming de conteúdo de mídia, como TV e video clipes . Um turista pode, naturalmente, fazer algo muito mais prático também, como o download de um mapa da cidade.Enfim, avanços como este apontam uma sintonia atual e madura entre empresas, orgãos públicos e as necessidades da população. Um passo à frente não só em tecnologia, mas também em cidadania, e porque não, da prórpria economia de um país.

Com informações de Fast Company.
Escrito por Marcelo Brandão .

FONTE: CONSUMIDOR MODERNO .

Um comentário:

  1. O Movimento Passe Livre, responsável por organizar os protestos contra o aumento das tarifas na cidade de São Paulo, tendo hoje sua sexta manifestação feita pelo grupo contra o aumento das passagens de ônibus, metrô e trem em menos de duas semanas. Os outros atos foram marcados por confrontos com a polícia. De carona muita gente resolveu protestar contra as roubalheiras existentes em nosso País, uma pena que muitas protestam sem ideologias, sem rumo, resolvendo agredir polícias, saquear lojas, impedindo o cidadão transitar...temos que protestar de forma pacífica, mas fica o alerta muita gente baderneiras se infiltra nessas manifestações querendo provocar o caos e não é por ae, ainda bem que os lideres idêntificam e excluiem esses vândalos .

    TEMOS QUE PROTESTAR, PACIFICAMENTE, EXIGINDO MAIS TRANSPARÊNCIA DOS GOVERNOS!

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos por conteúdos impróprios .