[NEWS][6]

r
v
xique-xique

JUDOCA XIQUEXIQUENSE MAY OLIVEIRA CONQUISTA TÍTULO NO DESAFIO INTERNACIONAL BRASIL X ITÁLIA .

A Xiquexiquense May Oliveira abriu a sequências de vitórias dos judocas brasileiros no desafio internacional no ultimo domingo contra os Italianos em Lauro de Freitas-Ba. Primeira competição do Centro Pan-Americano de Judô (CPJ), em Lauro de Freitas (BA), o Desafio Internacional terminou neste domingo (30) com vitória do Brasil sobre a Itália por 5 x 0.

A primeira brasileira a entrar no tatame foi Mayara Oliveira (-52kg). Baiana de Xique-Xique e atleta do Vitória, a judoca de 20 anos ganhou uma dose especial de aplausos ao vencer a italiana (Vice-campeã italiana sub-21) Francesca Posocco no primeiro confronto do dia. Mayara pressionou bastante a rival e ganhou por wazari. Na segunda disputa, Marcelo Contini (-73kg) pontuou com um yuko no meio da luta e depois ampliou a vantagem com um wazari sobre o italiano Leonardo Casaglia. Mariana Silva  (-63kg) não deu chances para Chiara Carminucci no terceiro confronto. A brasileira venceu a italiana, bronze no campeonato europeu sub-18, com um ippon por imobilização com pouco mais de dois minutos de luta. Na sequência, Eduardo Bettoni (-90kg) precisou de trinta segundos para vencer o confronto contra Davide Pozzi com um ippon. Finalizando a bela sequência de vitórias brasileiras, Rochele Nunes (+70kg) derrotou Debora Sala: conseguiu um wazari e, mantendo a imobilização, decretou o fim da luta com um ippon. Final: Brasil 5 x 0 Itália.

Em casa: Os judocas brasileiros precisaram de pouco tempo no CPJ para ter a sensação de “estar em casa”, de acordo com Eduardo Bettoni. “Estou muito animado com toda essa estrutura que foi montada só para o judô brasileiro. Nada mais justo por tudo o que o judô já conquistou para o Brasil. Já estou me sentindo em casa, na primeira vez que a gente pisou aqui ontem (sábado, 29) já passou uma história na minha cabeça. A gente sai de uma academia pequena, no interior, sem estrutura e você vê todo esse investimento para o nosso sonho, a gente fica muito feliz”, disse.“É muito importante para a despolarização do judô, para sair um pouco de São Paulo e Rio. Nosso principal centro agora é aqui e vai incentivar bastante a prática do judô na região”, acrescentou Marcelo Contini. Se para os colegas estrear o tatame do CPJ já foi um momento marcante, para a baiana Mayara Oliveira, este dia foi inesquecível. “Foi muito bom estrear pela Seleção justamente na Bahia. Foi muito importante para ganhar experiência e espero que abra portas para virem muitas outras medalhas. Este lugar valoriza o judô, que merece uma estrutura como esta. Todo atleta vai querer treinar aqui”, afirmou a judoca. 

"Rapaz, meu pai (Sici do Box 34 do Mercado de Carnes) merece isso de mais!!!! Começou com ele essa história de judô na família! Gilberto era o melhor, mas Mazinha que conseguiu o êxito e se destacar agora internacionalmente. Estou muito feliz! Porém, feliz ainda pelo meu pai!!!! Merece muito!! Mazinha um orgulho!! DEUS É FIEL", disse Michel Oliveira (Irmão de May Oliveira) .

"Nossa família é muito grata a todos as pessoas que torceram e todos os amigos que sempre apoiaram Mazinha em sua cruzada no Judô! Parabéns a todos os judocas de Xique-Xique! Medo ? Sim, tenho muitos , mas acontece que tenho mais vontade de vencer, do que medo de perder , mais coragem de enfrentar do que medo de fracassar...O medo cega nossos sonhos , por isso , não se deve ter medo da vida e sim de não vive-lá ! ! Não há céu sem tempestade , nem caminho sem acidentes, e só ė digno de vitória quem usa suas derrotas pra alcança-las . Alimente os seus sonhos e seus medos morrerão de FOME! Desafio internacional Bra x Ita . Brasil 5 x 0 Itália. Obrigada a todos pelo apoio como Fasb, Sintepav-Ba e EC. Vitória", disse May Oliveira.

FONTE: XIQUESAMPA EPORTAL BRASIL .

Jornal Centro Oeste Bahia '

O oeste da Bahia se encontra aqui!

Start typing and press Enter to search