Header Ads

ad

ZÉ "OROPA", GRANDE ARTISTA ARTESÃO XIQUEXIQUENSE QUE FEZ MUITOS SUCESSOS NOS ANOS 80 .

Zé Oropa foi um grande artesão "carranqueiro" que fez muito sucesso nos anos 80 não só em Xique Xique, mas também em todo estado baiano. 

Era comum turistas de várias cidades visitar e conhecer as obras do nosso conterrâneo. Zé Oropa (Irmão de outro grande artesão apelidado de Cão) escupia esculturas de madeira como políticos, imagens santas, carrancas, pescadores, personalidades e tudo que era encomendado como arte em madeira era feita manualmente por esse grande artista Xiquexiquense. Umas dessas obras feitas por Zé Oropa foi a do Pescador em madeira que fica no Carranca Grande Hotel em nossa cidade. No final dos anos 80 nosso artista Xiquexiquense veio morar em São Bernardo do Campo e lembra ate hoje de suas artes e a saudade de um dia poder voltar a fazer o que mais gosta. "Olha Adriano Brito, fico muito feliz em poder ter seu contato novamente depois de muitos anos, tenho saudades daquela época que você ia me visitar em casa, conversava comigo, atento a meus trabalhos. Sinto muitas saudades de minha terra, em especial do que eu fazia. Muito obrigado por poder trazer de volta e ao mesmo tempo me deixar feliz com essa grata homenagem", disse Zé Oropa .

A Carranca, esse personagem de olhos vermelhos e dentes grandes não é apenas uma crendice, mas ganhou grande circulação comercial. Esses elementos de decoração sempre representavam uma escultura de cabeça e pescoço de alguma figura, que misturava traços humanos com traços animais e apresentava uma expressão de figura mitológica indeterminada e de grande impacto, dando origem à arte das carrancas. As carrancas dos barcos do Vale do São Francisco hoje perderam sua função inicial de proteção das embarcações contra perigos concretos e imaginados do percurso do rio por uma função de peça de comércio artesanal. As carrancas são manifestações da arte popular brasileira que desenvolveu-se na região do rio São Francisco, por artistas populares denominados carranqueiros. Hoje, essa arte popularizou-se. Podemos encontrar as carrancas não apenas nas proas das embarcações do São Francisco, como simples enfeite, mas tornou-se um disputado elemento de decoração e parte do acervo de museus nacionais e estrangeiros, sendo suas peças de grande valor de comercialização para turistas.

Por Adriano Brito .

Apoio Cultural: Xiquesampa Adriano Brito, Bebeto Galvão e Sintepav-Ba.

FONTE: XIQUESAMPA .

Nenhum comentário

ATENÇÃO!!! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos por conteúdos impróprios .