[NEWS][6]

r
v
xique-xique

JACOBINA GANHA CURSO DE MEDICINA IDEALIZADO PELO IFBA.

O primeiro curso de medicina da Chapada Diamantina, ideia nascida no Instituto Federal da Bahia (Ifba), campus Jacobina, acaba de tornar-se realidade. É que o Ministério da Educação (MEC) anunciou a lista das instituições de ensino habilitadas a implantar novos cursos de medicina no país. O projeto inicialmente foi idealizado há cerca de quatro anos. O objetivo era abrigar o novo curso no Instituto, que oferece ensino público e gratuito em 23 cidades da Bahia. Ao saber da impossibilidade de ter o curso na instituição, o Ifba, representado pelo diretor Epaminondas Macedo, continuou presidindo a comissão formada por representantes da sociedade civil e da prefeitura do município. Epaminondas recorda que, na época, a ideia do projeto acabou sendo repassado para a Prefeitura de Jacobina que “empreendeu todos os esforços e meios necessários para autorização do curso”, destaca.

“Mesmo não tendo conseguido trazer esse curso para o Ifba, para nós é um momento de comemoração, pois ganhou a sociedade. Com esse curso temos tudo para tornar Jacobina um polo nacional de educação, pois além de medicina, estarão vindo, a partir de um centro universitário, vários outros cursos”, afirma. Com a publicação Portaria 545 no Diário Oficial da União no último dia 27, o MEC liberou a implantação de 39 novos cursos em 11 Estados, com 2.290 novas vagas em todo o país. A expectativa é que os termos de compromisso com as instituições vencedoras sejam assinados em outubro e que no próximo ano, já tenhamos as aulas iniciadas.

Novo Instituto Federal: Em meio às comemorações pelo curso de medicina de Jacobina, o diretor Epaminondas Macedo aproveitou para anunciar o início de outro movimento que tem como objetivo criar, a partir de alguns campi do Ifba na região, um novo Instituto Federal. “Vencida a batalha do curso de medicina, onde o município foi decisivo para a conquista, eu, enquanto cidadão, estarei, junto aos outros diretores, iniciando outro desafio: a criação de um novo Instituto Federal voltado para a nossa região e com foco, em especial, para a agricultura, além de outras vertentes, como serviços. Já estamos chamando de Instituto Federal do Sertão, que reunirá os campi Jacobina, Irecê e Seabra, além de outras cidades que também poderão ter seus campi”, adianta Epaminondas. O diretor do campus Jacobina aponta que será uma “árdua luta” diante do momento de contenção de despesas vivido no país. “Também já prevemos resistências dentro do próprio IFBA, pois a criação vai implicar em perda de receitas para o atual Instituto. Mas sonhar e lutar por melhorias para a nossa região são características minhas”, conclui. Mais informações: www.jacobina.ifba.edu.br.

Por Charles William.

FONTE: IRECÊ LÍDER NOTÍCIAS.

Jornal Centro Oeste Bahia '

O oeste da Bahia se encontra aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!!! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos por conteúdos impróprios .

Start typing and press Enter to search