Reaproximando Xiquexiquenses!

Reaproximando Xiquexiquenses!

ROMEIROS DE XIQUE-XIQUE VIAJAM PARA ROMARIA DO BOM JESUS DA LAPA DE CANOA.

Romeiros de Xique-Xique mantem tradição de viajar para a Romaria do Bom Jesus da Lapa navegando pelo Rio São Francisco de Canoa. Os romeiros embarcaram na sexta (27), serão percorridos cerca de 327 km pelo Rio São Francisco durante 7 dias. Nesse percursos as "canoas" irão passar pelas águas do Velho Chico em Gameleira da Lapa. Em Xique Xique, carros popular e muitos caminhões denominados "Pau de Arara" partem para a romaria, o chefe mais antigo dessas viagens é Erotides Leite que a mais de 40 anos parte com destino a festa do Bom Jesus.

Durante a romaria, o município, reconhecido como capital baiana da fé, deve receber mais de 500 mil romeiros e peregrinos para celebrar a devoção. A programação da Romaria de Bom Jesus segue até o dia 6 de agosto. A novena, que é realizada entre os dias 28 de julho a 5 de agosto, inclui missas diárias e homenagens aos romeiros, sempre às 19h, no santuário do Bom Jesus da Lapa. Durante o dia, os visitantes podem desfrutar dos atrativos da cidade, com destaque para os passeios de barco pelo Rio São Francisco, além de visitar as seis capelas que compõem o santuário.

O auge da festa religiosa é o dia 6 de agosto, quando romeiros participam das missas celebradas durante todo o dia, no santuário, a partir das 5h. Nesse dia, o encerramento dos festejos dedicados ao Bom Jesus será marcado pela missa prevista para 16h, na catedral do Bom Jesus da Lapa (bairro Amaralina), seguida por procissão que percorrerá as principais ruas da cidade até a chegada ao santuário, no Centro. Localizado às margens do Rio São Francisco, Bom Jesus da Lapa é um dos principais ícones do turismo religioso na Bahia e recebe 2,5 milhões de romeiros por ano.

327ª Romaria de Bom Jesus da Lapa: O Histórico: O morro de pedra de calcário bem como suas grutas foram encontrados em 1691 por Francisco de Mendonça Mar oriundo de Portugal, que havia deixado a pé a cidade de Salvador, pelo interior, com uma imagem de Jesus crucificado e ainda outra de Nossa Senhora da Soledade, com base nos arquivos previamente documentados no local. Posicionado na margem do Rio São Francisco, o lugar foi utilizado na forma de habitação para o Português, que alojava viajantes nas grutas, que desde aquele momento se tornaram um referencial para os cristãos que viviam na região do vale do Rio São Francisco, que fica as margens da cidade.

FONTE: XIQUESAMPA.

Nenhum comentário

Atenção! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos e nem por adicionar conteúdos impróprios.