Header Ads

ad

DEPUTADOS EMPURRAM "FICHA LIMPA" COM A BARRIGA .

Como era previsível, a Câmara dos Deputados adiou, mais uma vez, a votação do projeto que impede a candidatura de políticos com “ficha suja”. O projeto não obteve o apoio necessário entre os líderes partidários para ser votado na sessão desta quarta-feira, retratando bem a resistência que a maioria dos parlamentares está oferecendo à proposta, feita por meio de uma ação popular com o respaldo de 1, 6 milhão de assinaturas. Como ficaria muito feio simplesmente jogar o projeto no fundo de uma gaveta, especialmente num ano popular, os senhores deputados lutam para protelar a votação e tirar do plenário o peso da responsabilidade de recusar ou aprovar o projeto. Se aprovado, o projeto impede a candidatura de condenados em decisão colegiada da Justiça por crimes graves, como estupro e homicídio, tornando-os inelegíveis por oito anos.

Pisando em ovos, os deputados discursam em favor da proposta enquanto agem nos bastidores para travar sua tramitação. Com o novo adiamento, a proposta só deverá retornar ao plenário no próximo mês, isto se não houver nenhuma outra manobra protelatória. Formalmente a decisão foi de enviar o texto para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que terá até 29 de abril para analisar o projeto.

Apesar de todas as promessas, não creio que ele seja aprovado ainda este ano .

FONTE: ATARDE/Paixão Barbosa .

Nenhum comentário

ATENÇÃO!!! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos por conteúdos impróprios .