[NEWS][6]

r
v
xique-xique

BANCO DO BRADESCO DE JACOBINA SE NEGA A INSTALAR PORTA GIRATÓRIA .

SINDICATO COBRA INSTALAÇÃO DE PORTA DE SEGURANÇA NO BRADESCO DE JACOBINA .

(Por Gervásio Lima) - As portas giratórias, ou porta de segurança com detectores de metais, nos bancos são uma reivindicação antiga dos trabalhadores, unindo bancários e vigilantes. Em Jacobina as cobranças para que a agência do Bradesco instale a porta giratória são constantes. O Sindicato dos Bancários de Jacobina e Região – Seeb, já acionou o Ministério Público para que se cumpra a Lei Federal. Com a situação preocupante da segurança nas agências, prejudicando trabalhadores e clientes, o Seeb tem cobrado cada vez mais a responsabilidade dos bancos. Segundo o presidente do Sindicato, Cristener Inácio, os banqueiros encaram o investimento em segurança como apenas uma despesa a mais. “A porta giratória é mais um elemento de segurança para os clientes, funcionários e profissionais vigilantes”, ressaltou.

Cristener lembra que no Estado de Goiás a recusa de instalar portas giratórias em agências bancárias gerou dano moral coletivo. A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou o Banco Itaú pelo descumprimento de obrigação de instalação de portas giratórias em agências bancárias. A ação foi baseada na legislação que obriga instituições financeiras a instalar portas giratórias em agências bancárias, como forma de preservação da saúde física e mental dos trabalhadores. Uma das justificativas da decisão foi que a recusa do banco de instalar as portas giratórias gerou a "potencialização dos riscos de roubos às agências", com reflexos nos clientes e empregados. A agência do banco Bradesco de Jacobina foi denunciada pelo Sindicato dos Bancários no ano passado ao Ministério Público, por não cumprir a Lei Federal 7.102 que dispões sobre a segurança nos bancos. A entidade que representa os bancários na cidade cobra a instalação imediata da porta de segurança. “A agência do Bradesco de Capim Grosso, inaugurada há cerca de três anos possui porta giratória, em Jacobina, onde o banco já opera há mais de 30 anos esse importante equipamento de segurança ainda não foi instalado”, relatou Cristener.

A própria Febraban - Federação Brasileira de Bancos – reconhece que as portas-giratórias contribuem para inibir a ação dos criminosos. A entidade ressalta que as portas não impedem, mas dificultam muito a entrada de pessoas armadas dentro das agências e criam um obstáculo importante à liberdade de ação e de movimentos dos assaltantes. Por isso, desestimulam assaltos.
 
FONTE : GERVÁSIO LIMA (JORNALISTA, ASS. DE COMUNICAÇÃO DA PM DE MORPARÁ E COLABORADOR DO BLOG XIQUESAMPA) .

Jornal Centro Oeste Bahia '

O oeste da Bahia se encontra aqui!

Start typing and press Enter to search