[NEWS][6]

r
v
xique-xique

GRAVIDEZ DE ALTO RISCO É ACOMPANHADA PELA EQUIPE DO HOSPITAL DO OESTE EM BARREIRAS .

Uma gravidez de alto risco é aquela em que o risco de doença ou de morte, antes ou depois do parto, é maior do que o habitual, tanto para a mãe como para o bebê. Com o intuito de acompanhar de perto as mamães com esta possibilidade, o ambulatório do Hospital do Oeste, unidade de saúde administrada pelas Obras Sociais Irmã Dulce, está disponibilizando às gestantes, atendimento de obstetrícia de alto risco.

São 80 vagas (por mês) sendo que o local da marcação é no próprio ambulatório do HO que, também, agenda o dia e horário da consulta. É importante que as futuras mamães tragam, além dos documentos pessoais e cartão do SUS, o encaminhamento do posto de saúde ou unidade onde foram realizadas as primeiras consultas.

Outras informações: ambulatório do HO ou ligar para o telefone 74 3612-9427 e 3612-9441.

FIQUE POR DENTRO: A idade da mulher afeta o risco da gravidez. As meninas com 15 anos ou menos apresentam maior risco de pré-eclâmpsia (uma doença na qual a mulher apresenta hipertensão arterial, presença de proteínas na urina e retenção líquida durante a gravidez) e de eclâmpsia (crises convulsivas decorrentes da pré-eclâmpsia). Elas também apresentam uma maior probabilidade de dar à luz a um concepto com baixo peso ou subnutrido. As mulheres com 35 anos ou mais apresentam maior probabilidade de desenvolver hipertensão arterial, diabetes ou fibromas (tumores não cancerosos) no útero e de apresentar problemas durante o trabalho de parto. O risco de gerar um filho com uma anomalia cromossômica (p.ex., síndrome de Down) aumenta acentuadamente após os 35 anos. Quando uma gestante com mais idade demonstra preocupação sobre a possibilidade de anomalias, uma biópsia do vilo coriônico ou uma amniocentese pode ser realizada para se realizar a análise cromossômica do feto.

Uma mulher que pesa menos de 45 quilos sem estar grávida apresenta uma maior probabilidade de gerar um concepto menor que o esperado em relação ao número de semanas de gestação (pequeno para a idade gestacional). Se o seu ganho de peso for inferior a 7 quilos durante a gravidez, o risco dela ter um concepto pequeno para a idade gestacional aumenta aproximadamente 30%. Por outro lado, a mulher obesa apresenta um maior risco de gerar um concepto muito grande. A obesidade também aumenta o risco de diabetes e de hipertensão arterial durante a gravidez. Uma mulher com uma altura inferior a 1,60 metro apresenta uma maior probabilidade de ter uma pelve pequena. O seu risco de trabalho prematuro e de dar à luz a um concepto anormalmente pequeno por retardo de crescimento intrauterino também é maior que o usual.

Kelly Bessa
Assessoria de Imprensa  do Hospital do Oeste
Rua antigo Aeroporto, 500 Vila Amorim
47807-110 Barreiras Bahia Brasil
Tel.: (77) 3612-9478
kelly.bessa@irmadulce.org.br
http://www.irmadulce.org.br/

FONTE : http://www.portalsaofrancisco.com.br/

Jornal Centro Oeste Bahia '

O oeste da Bahia se encontra aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!!! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos por conteúdos impróprios .

Start typing and press Enter to search