Reaproximando Xiquexiquenses!

Reaproximando Xiquexiquenses!

RUAS DE XIQUE-XIQUE! RUA RUY BARBOSA A POPULAR RUA DA AMARGURA.

A Rua Ruy Barbosa, antigamente conhecida como "Rua da Amargura" é a 7º rua paralela ao rio São Francisco, lado norte da Praça D. Máximo. 

Essa Rua, uma das maiores da cidade, começa na Praça 6 de Julho (Praça da Caldeira) e se estende até o bairro da "Ponta da Ilha". Numa tempo atrás conhecida como Rua da Amargura, isso porque durante a semana santa havia a famosa procissão do encontro. Conta a história que numa quinta ou sexta-feira santa havia essa procissão, talvez exista ainda hoje. Muitos anos atrás, duas procissões saiam da Igreja Matriz do Senhor do Bonfim, uma delas com aquela imagem linda do Senhor dos Passos e a outra procissão com a imagem não menos bonita de Nossa Senhora das Dores. Tomavam caminhos diferentes e se encontravam na Rua Ruy Barbosa (Rua da Amargura). Era o dramático encontro da mãe com o filho injuriado, caluniado, maltratado e que rendia grandes discursos neste momento, feitos geralmente pelo padre. Um destaque foi o Padre Bastos sem dúvida dono de uma oratória extraordinária. Muita gente se preparava para assistir apenas este instante da procissão e se envolviam tanto que choravam junto com Maria a sua dor. A bem da verdade um grande tema para um grande orador. Diante de tanto sofrimento foi um pulo para a Rua Ruy Barbosa receber o nome de Rua da Amargura. Temos outras como a Góes Calmon que chamavam de "rua grande", aquela onde fica a casa do Sr. Francisco Marçal que chamaram muitos anos de Rua dos Dourados e por aí vai. O detalhe é que essas duas imagens encontram-se preservadas no interior da Igreja Matriz, protegidas por grades. Acredito que nem saiam mais em procissão.

Por Comentário de Dona Tereza extraído do Blog Xique-Xique de Juarez Chaves.
Adaptação: Adriano Brito.

FONTE: XIQUESAMPA.