[NEWS][6]

r
v
xique-xique

XIQUE-XIQUE É UM DOS MUNICÍPIOS BAIANOS QUE MENOS REGISTROU EMPREGOS EM 2010 .

INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO E AGRICULTURA TAMBÉM COM BOM DESEMPENHO .

A Bahia registra cerca de 91 mil empregos com carteira assinada em 2010. A Construção civil e os Serviços foram os setores que mais geraram postos de trabalho celetistas de janeiro a setembro de 2010, sendo responsáveis por saldos de 27.114 e 26.178 empregos, respectivamente. Também tiveram bons desempenhos, a Indústria de transformação (17.183) e a Agropecuária (10.845).

Administração pública e Serviços industriais de utilidade pública contabilizaram os saldos menos expressivos, implicando na criação de 302 e 312 postos de trabalho celetistas, respectivamente. Em 2010, tem-se equilíbrio na geração de postos entre municípios do interior baiano e os da Região Metropolitana de Salvador (RMS). Foram criados 45.517 novos empregos na RMS (50,04%) ao mesmo tempo em que na região não-metropolitana foram abertas 45.448 vagas (49,6%). Os municípios metropolitanos que mais criaram vagas com carteira assinada foram Salvador (25.513 vagas), Camaçari (7.963), Lauro de Freitas (4.747) e Simões Filho (2.373).

Com relação aos municípios do interior do estado, Feira de Santana (7.133 vagas), Juazeiro (4.908), Casa Nova (3.578) e Vitória da Conquista (3.392) foram os que mais se sobressaíram. As cidades de Ipiaú, Xique-Xique, Itamaraju e Cruz das Almas são os municípios que registraram os saldos mais negativos - respectivamente; -677, -513, -400 e -394 empregos.

**** SEGUNDO MELHOR SALDO JÁ REGISTRADO PARA O MÊS DE SETEMBRO*** .
 


O saldo do mês (10.287 postos formais) foi um pouco inferior ao contabilizado em igual período do ano anterior (10.765 vagas) e também ao verificado em agosto (11.207 vagas), mês imediatamente anterior ao avaliado. O resultado de setembro foi obtido pela diferença entre a movimentação de 68.647 trabalhadores admitidos e 58.360 desligados no mês. Segundo a série histórica do Caged, em termos absolutos e relativos, este foi o segundo melhor saldo já registrado para o mês de setembro, sendo superado apenas pelo ocorrido em 2009. Em setembro deste ano, a abertura de postos com carteira de trabalho assinada na Bahia ocorreu de forma mais expressiva no setor de Serviços (3.962 empregos).

Em seguida, destacam-se o Comércio (2.223 vagas formais) e a Indústria de transformação (2.060 empregos formais). A Construção civil apresentou um saldo menos expressivo, da ordem de 1.591 empregos. Em contraposição, o setor da Agropecuária chama atenção com o único resultado negativo no mês em questão (-48 vagas). Na região Nordeste, o estado da Bahia foi o terceiro em geração de empregos formais, em setembro deste ano, sendo superado por Pernambuco (39.645 postos) e Alagoas (28.256 postos). Na comparação com os 26 estados brasileiros mais o Distrito Federal, a Bahia obteve o oitavo saldo mais expressivo de empregos criados no País no mesmo mês. Nesse sentido, o volume total de 10.287 empregos gerados só foi menor do que o verificado nos estados de São Paulo (53.572), Pernambuco (39.645), Alagoas (28.256), Rio de Janeiro (21.649), Paraná (14.038), Santa Catarina (12.704) e Rio Grande do Sul (11.139).

Do ponto de vista intraestadual, em setembro, o interior da Bahia registrou um saldo de 5.599 empregos, o que equivale a 54,4% do total estadual, ao passo que a RMS gerou 4.688 postos de trabalho com carteira assinada, representando 45,6% do saldo de empregos baiano. Dentre os municípios da RMS, Salvador (2.392 vagas), Lauro de Freitas (1.187), Dias D'Ávila (365 vagas) e Simões Filho (317 vagas) foram os maiores geradores de postos. No interior do estado, destacaram-se Feira de Santana (1.227 vagas), Casa Nova (608), Mata de São João (435) e Vitória da Conquista (338). Os desempenhos mais negativos no mês ficaram por conta das cidades de Serrinha (-234 vagas), Xique-Xique (-154 vagas), Correntina (-84 vagas) e Muritiba (-73 vagas), respectivamente .

"Espero que Xiquexique suma dessas estatisticas negativas,nossa cidade tem grande potêncial pra não figurar nestas listas "negras", concertesa a PMXX buscará melhores condições de trabalhos e geração de empregos a nossa população Xiquexiquense" . Adriano Brito .

FOTOS : JOÃO MACHADO .
FONTE : AGECOM . (http://www.comunicacao.ba.gov.br/noticias/2010/10/19/bahia-registra-10.287-novos-empregos-com-carteira-assinada-em-setembro) .

Jornal Centro Oeste Bahia '

O oeste da Bahia se encontra aqui!

Start typing and press Enter to search