Header Ads

ad

SIMULADO DE PREVENÇÃO DE DESASTRES SERÁ REALIZADO EM SALVADOR .

Simulado de prevenção de desastres será realizado em Salvador nos dias 27 e 28 de maio.

A atividade, que busca construir e aprimorar um modelo de ação da defesa civil, acontecerá na comunidade de Bosque Real, no bairro Sete de Abril. Trata-se de uma espécie de treinamento da comunidade e será desenvolvida pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cordec), órgão da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), em parceria com a Secretaria Nacional de Defesa Civil e a Comissão de Defesa Civil do Salvador (Codesal).

Os detalhes para realização do simulado foram discutidos na manhã desta quinta-feira, durante encontro com as presenças do diretor de minimização de desastres da Secretaria Nacional de Defesa Civil, Ráfael Schadeck; do coordenador de Defesa Civil da Bahia, Salvador Brito, e do subsecretário da Defesa Civil do Município. Projeto piloto, o simulado será voltado para a conscientização e mobilização da comunidade e órgãos competentes para a importância da prevenção e uma conseqüente minimização dos problemas ocasionados por desastres. A ação vai envolver técnicos das esferas nacional, estadual e municipal. Segundo o representante da Defesa Civil Nacional, Ráfael Schadeck, este é um dos passos de uma campanha de sensibilização em relação à percepção de riscos pela própria população. Ele disse que este é o primeiro chamado de um grande programa de prevenção em todo o país. Salvador foi escolhido por ter um trabalho bem estruturado por conta das ações do governo do estado e do município. “Salvador já possui toda uma análise e um trabalho de verificação das características geológicas, geofísicas e outras, o que facilita a implantação do programa”, destacou.

O treinamento acontecerá simultaneamente em três capitais do nordeste, Salvador, Maceió e Recife, que se assemelham pela quantidade de áreas de riscos e, durante o período chuvoso, pelo número de ocorrências. O coordenador de Defesa Civil do Estado, Salvador Brito, destacou que a partir do simulado serão estabelecidos planos táticos e de contingência para prevenção de desabamentos, alagamentos e outros desastres ocorridos principalmente por conta das chuvas. Para Brito, a proposta dos órgãos de defesa civil é de consolidar esse primeiro simulado em áreas de riscos da capital baiana e expandir para outros municípios, regionalizando assim, os conhecimentos e aprimoramentos dos envolvidos.

Já o subsecretário da Codesal, Osny Bomfim, destaca a importância da parceria entre os governos federal, estadual e o município. Para ele, o engajamento e a parceria são responsáveis em tornar os resultados positivos. “O simulado servirá de aprendizado pra todos nós. Não tem como ficar apenas no conceitual, na identificação, precisamos envolver as comunidades. As pessoas já se comportam diferente, mas ainda existe a necessidade de preparar melhor a população”, ressaltou.

FONTE : ASCOM/SEDES´/GERVÁSIO LIMA (JORNALISTA E COLABORADOR DO BLOG XIQUESAMPA .

Nenhum comentário

ATENÇÃO!!! Tenha responsabilidade em seus comentários, não nos responsabilizamos por conteúdos impróprios .